Crônicas

Tom Zé

Atemoriza-me a inatividade que me espera a partir da próxima quarta-feira. Estou condenado, não por um crime que tenha cometido, ou por qualquer ato falho. Depois de anos e anos de pé, à beira aquele leito cirúrgico, onde pacientes são operados, metendo o bisturi barriga adentro, retirando próstatas hipertrofiadas, removendo cálculos que se desgarram do […]

Continuar lendo